quarta-feira, 9 de agosto de 2017

CÂMERAS VÃO MULTAR INFRAÇÕES ATÉ NO INTERIOR DOS VEÍCULOS

Ser multado por dirigir falando ao celular ou mandando mensagens enquanto dirige não é novidade, mas a partir de setembro os motoristas que costumam fazer isso terão mais motivos para se preocupar com os pontos da CNH e com o bolso. A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) está em fase de teste de 47 câmeras de alta resolução que permitem visualizar dentro dos veículos e flagrar essas infrações e as outras sem dificuldades.   A Semob vai fiscalizar e multar pelas câmeras os condutores flagrados falando ao celular ou mandando mensagens enquanto dirige ou mesmo parados no sinal vermelho. Essas infrações são classificadas como gravíssimas, com multa estipulada em R$ 293,47, além da pontuação de sete pontos negativos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Assim a Semob também vai multar, através das câmeras, infrações também comuns como o transporte de animais no colo do motorista ou passageiro e o não uso do cinto de segurança.
O Chefe do Setor de Intervenção Viária da Semob, inspetor Carlos Eugênio, mostrou ao portalnoar.com o sistema que já está em funcionamento em fase de testes e em caráter didático, para corrigir algumas falhas no sistema e educar os condutores. “Mas hoje já é 100% funcional”, garante.
“Nós estávamos fazendo alguns ajustes, mas ainda não estamos multando os condutores. Mas a partir de setembro teremos como pegar o condutor no ato de infração, fotografá-lo e já fazer a autuação no nosso centro de controle”, avisa o inspetor.
Sobre quem mais dirige teclando no celular, o chefe de Intervenção Viária revelou que são as mulheres que lideram esse ranking, enquanto os homens são os mais flagrados sem o cinto de segurança.
Eugênio ainda faz um alerta, as câmeras são capazes de flagrar inclusive quem leva o celular no colo ou usa o aparelho em suportes fixados no painel dos veículos. Ambos os casos são passíveis de multa.
Os motoqueiros também estarão no foco das câmeras, que estarão prontas para flagrá-los em movimento com as viseiras dos capacetes levantadas ou circulando nos corredores (entre os carros).
A data exata do início das autuações não foi confirmada pelo secretário adjunto de trânsito da Semob, Walter Pedro da Silva. Por Geraldo Miranda.  FONTE: PORTALNOAR

Nenhum comentário: